sexta-feira, 5 de agosto de 2011

SIGNIFICADO DO ESCAPULÁRIO




Fonte: Catolicismo Romano

O Escapulário é um sacramental ou seja, uma realidade visível, que nos conduz à Deus, com sua graça redentora, seu perdão, e promessas.

Neste sentido, o escapulário do Carmo é um "sinal". E como tal desperta-nos para infinita bondade de Deus, na figura de Maria Santíssima. Ele mostra fé, confiança filial e dedicação à Deus.

Santa Tereza (reformadora da Ordem de freiras carmelitas) dizia que portar o escapulário era estar revestido com o hábito de Nossa Senhora.

A tradição carmelita afirma que a Ordem do Carmo, mesmo após a bula de Honório III em 30/01/1226, aprovando a regra (de São Brocardo) e dando-a total apoio, continuou a enfrentar obstáculos, vindo dos próprios cristãos ocidentais. Nesta situação aflitiva, São Simão Stock, estando no convento carmelita de Cambridge, implorou à Virgem do Carmo sua especial proteção.

Em 16 de julho de 1251 apareceu-lhe a Virgem do Carmo e entregou-lhe o Escapulário da sua Ordem, sinal exterior do seu amor e proteção, prometendo que os que morressem com o Escapulário não pereceriam eternamente. O Escapulário do Carmo tornou-se assim, um sinal de consagração à Maria.

O privilégio Sabatino segundo a tradição refere-se à uma visão que o Papa João XXII teria tido da Virgem do Carmo. O Papa João XXII por intermédio de uma bula de 03/03/1322, concedia então, libertação do purgatório no primeiro sábado (isto é, o mais rápido possível) após a morte, à aqueles que morressem com o Escapulário do Carmo. Os privilégios que acompanham o Escapulário do Carmo são:

1- Quem morrer com o Santo Escapulário do Carmo não padecerá o fogo do inferno;

2- A Virgem do Carmo livrará o quanto antes, principalmente no sábado depois da morte, à quantos forem ao purgatório morrendo com o Escapulário;

3- O Escapulário do Carmo é salvação em todos os perigos, pela Virgem Santíssima do Carmo;

4- Cada vez que se beija o Escapulário, ganham - se 500 dias de indulgência;

5- O Escapulário é sinal de irmandade da Virgem Maria;

6- O Escapulário do Carmo é sinal de paz e do pacto sempre terno de concórdia, garantido por Maria Santíssima;

7- O Escapulário é sinal de salvação, pela Virgem Maria;

8- O Escapulário do Carmo está enriquecido pela Igreja com inúmeras indulgências;

9- O Escapulário do Carmo é um meio simples e prático de honrar à Virgem Maria;

10- O Escapulário do Carmo é garantia de preservação da fé e da firmeza na devoção à Virgem Maria, devoção que por sua vez é sinal de predestinação.

As condições para lucrar estes privilégios são:

Trazer sempre o pequeno Escapulário, guardar castidade, conforme o seu estado (casado, solteiro ou viúvo) e cumprir as penitências e orações prescritas pelo padre que fará a imposição do Escapulário; ele deverá ter uma autorização especial da Ordem para fazer a imposição que seria a benção da pessoa com o primeiro Escapulário o qual pode ser adquirido na Igreja ligada à ordem carmelita ou na Igreja de Nossa Senhora do Carmo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário